Brexit: Provável extensão técnica, seguida de um acordo

2 min
Ana Boata
Ana Boata Senior Economist for Europe

As perspectivas de um acordo do Brexit entre a UE e o Reino Unido melhoraram bastante nos últimos dias, mas uma extensão técnica até o início de 2020 ainda parece possível. Um acordo deve reduzir a incerteza no Reino Unido e deve ajudar progressivamente a levar o Reino Unido ao cenário de "business as usual". Esperamos que o aumento na confiança das empresas impulsione o investimento doméstico, que contrastou nos últimos dois anos. O investimento estrangeiro também deve crescer. A falta de trabalhadores deve reduzir e sustentar as margens das empresas.

No entanto, a consequência do armazenamento de contingência deve ser o corte de -1,5 pontos percentuais do crescimento real do PIB ao longo dos próximos dois trimestres. Portanto, esperamos que o PIB caia em -0,1% t/t no quarto trimestre de 2019 e no primeiro trimestre de 2020.

Para a UE, o custo da incerteza (-0,2 pontos percentuais do crescimento real do PIB por ano) irá evaporar lentamente, mas esperamos um efeito de base negativo nas exportações da Zona do Euro devido à intensificação das importações do Reino Unido (-2 bilhões de euros nos próximos seis meses).