image

Comércio global: uma recuperação inicial desigual

23 de setembro de 2020

O comércio global de mercadorias sofreu um golpe histórico no segundo trimestre de 2020 em comparação com o mesmo período em 2019, contraindo cerca de -15% em termos de volume anualizado e -21% em termos de valor (USD).

No entanto, os números de junho e os últimos dados marítimos em tempo real mostram que em agosto, o comércio marítimo (80% do comércio total) voltou a ficar apenas -3% abaixo dos níveis do ano anterior.

A recuperação foi mais rápida do que esperávamos anteriormente, superando o ritmo da recuperação de 2009. No entanto, os EUA e a Europa Ocidental estão atrás em relação às recuperações da China, da Ásia emergente e do Leste Europeu.

Em 2021, o comércio global deverá crescer +7% em termos de volume, e poderá crescer +13% em valor, recuperando finalmente todas as suas perdas no início de 2022.

A recuperação da demanda global impulsionará os volumes de comércio, enquanto os valores serão auxiliados por um dólar mais baixo e preços de commodities moderadamente mais altos.

Figura 1: Crescimento do comércio mundial, em termos de volume e valor (%, a/a)

image
Fontes: fontes nacionais, Allianz Research