Panorama de Insolvência Global 2019

8 min
Maxime Lemerle
Maxime Lemerle Head of Sector and Insolvency Research

O efeito colateral do crescimento extremanente baixo e o estreitamento de condições financeiras.

  • A nível global, a tendência ascendente das insolvências das empresas continuou em 2018 (+10% a/a), principalmente devido ao aumento da China (+60%) e, em menor medida, ao aumento da Europa Ocidental (+2%)
  • Esse número maior de insolvências foi complementado por um persistente alto nível de insolvências de grandes empresas, com 247 grandes insolvências, totalizando mais de 100 bilhões de euros em faturamento no primeiro ao terceiro trimestre de 2018. Os pontos fortes foram o varejo na América do Norte; Construção na Ásia; Varejo, Agroalimentar, Serviços e Construção na Europa Ocidental
  • Em 2019, as falhas nos negócios devem aumentar pelo terceiro ano consecutivo (+6% a/a). O abrandamento do dinamismo econômico, combinado com a rigidez global das condições de financiamento, levará a insolvência na maioria dos países.
  • Na Europa Ocidental, onde o crescimento econômico cairá abaixo do limite histórico que estabiliza o numero de insolvências (+1,7%), verá um aumento na maioria dos países, especialmente na França, Itália, Espanha (+2%) e no Reino Unido (+9%)
  • Contudo, 2 desses 3 países terão um aumento nas insolvências em 2019, sendo eles EUA (+0% a/a) e Brasil (-6%) como as principais exceções. Como resultado, 1 em cada 2 países registrará mais insolvências do que antes da crise financeira.