Reversão maciça na tendência de insolvências de empresas no mundo

23 de setembro de 2020

 Até setembro de 2020, os ajustes temporários feitos aos modelos de insolvência em todos os países – projetados para dar tempo e flexibilidade às empresas antes de recorrerem ao pedido de falência – bem como as medidas temporárias de apoio (como isenções fiscais, isenções encargos sociais, reembolsos de empréstimos, etc.), projetadas para evitar crises de liquidez, resultaram em diminuições significativas no número de falências.

Nosso índice de insolvência global registrou um declínio de -7% a/a no primeiro semestre.

No entanto, a perspetiva geral continua a ser de um aumento acentuado das insolvências até 2021 (+31%). Essa reversão de tendência começará no quarto trimestre de 2020 na maioria dos países e se acelerará no primeiro semestre de 2021, em meio à retirada gradual de várias medidas de apoio.

Em 2020, os maiores aumentos são esperados na América do Norte, América Latina e Europa Central, enquanto a Europa Ocidental e a Ásia registrarão aumentos anuais maiores só em 2021.

Figura 1: Números e projeções de insolvência (países selecionados)

image
Envie seu Feedback
Contate nossa Equipe
Perguntas Frequentes